Imaturidade

2
02:30
Imaturidade


Esteticamente infeliz,
Em minhas grutas, um louvor.
Singela revelação de amor
Por tão fétida meretriz...

No ilusionismo que prega,
Essa maldita depressão é pavor!
Um buquê de rosas é minha dor,
Que um poderoso encanto rega...

Calado em minha desesperança,
Um pouco sem alma e herança,
Recolho do céu a cena...

A escuridão inflama agora.
Ainda que Deus ilumine por fora,
Por dentro restaria pena.
.


GREDILHA, marcio.

Sobre o autor

Estudante, blogueiro, crítico e, nas horas vagas, aprendiz de poeta.

2 comentários :