Solidão

0
17:55
Solidão


Palavra triste, voar sozinho, chorar,
Sem ter amigos e todos me condenando.
Solidão nos olhos continuo andando,
Sem saber ao menos oque procurar.

Momento de dor desejo de voltar.
O esquecimento é o meu mundo e cantando...
Minhas lágrimas de amor me deixando,
Pra sorrir sem razão de amar.

Vivo e sem entender, o tempo passou.
E por entre palavras de um canto ficou...
Das estrelas canta meu coração.

Dessa vida erguida de esperança,
Meu Deus há em mim uma criança,
Pedindo paz e perdão.


GREDILHA,marcio

Sobre o autor

Estudante, blogueiro, crítico e, nas horas vagas, aprendiz de poeta.

0 comentários :