Laços

6
21:22
Laços

Quero me entender de todo esse amor.
A face a distância e, ou virtudes...
E deixar tão nosocômio minhas atitudes
Dentro de um fim... O calamor.

Ainda sim desejável não esqueça.
Sendo posso ser, sou simplesmente,
Polipétalo herbívoro vivente
Ou macróbio imaginário quer pareça.

Simples assim é assim mesmo, antes, pois
Com sua alegria de nuvem passa
E tudo deixa de ser a dois.

Para viver na solidão achando graça
E o mesmo coração chora, mas depois
Volta pra mulher que enlaça.


GREDILHA,marcio.

Estrelando soneto
Politicando Brasil

Sobre o autor

Estudante, blogueiro, crítico e, nas horas vagas, aprendiz de poeta.

6 comentários :

  1. " E o mesmo coração chora, mas depois
    Volta pra mulher que enlaça." Essa frase era (ainda bem que era) a minha cara, rs. Mas o teu texto está ótimo, parabéns Márcio ! :)

    ResponderExcluir
  2. Gredilha, boa noite!


    Grato por seu gentil comentário nos Gritos Verticais.

    Visitei agora seus 3 blogs e também gostei. Gostaria de saber se seus blogs estão abertos à parceria via troca de links. Caso estejam, os meus blogs (todos com PR5 e com registro no Technorati e no Blogblogs) são:

    http://poemasdeandreluis.blogspot.com/ [ Gritos Verticais - que é o meu blog principal]
    http://poeticaheretica.blogspot.com/ [ Pó(ética Herética) ]
    http://gritosverticaisdanaturezapoetica.blogspot.com/ [ Raiz de Cem ]
    http://sonsdesonetos.blogspot.com/ [ Sons de Sonetos ]
    http://prosaepoesia.wordpress.com/ [ O Poema Nosso de Cada Dia ]

    Há, ainda, os blogs da Rita Costa, todos com PR4, que são:

    http://almadepoesia2007.blogspot.com/ [ Alma de Poesia ]
    http://naturezapoetica2007.blogspot.com/ [ Natureza Poética]

    A parceria pode ser com todos ou só com algum(ns). Isso fica ao seu critério. Fico aguardando.

    Grande abraço!


    André L. Soares.
    direitos.autorais2006@gmail.com
    .
    .
    .

    ResponderExcluir
  3. Gredilha, muito obrigado pela bela parceria. Os links de seus blogs também já se encontram em todos os nossos blogs.

    Sucesso pra você,... hoje e sempre. Grande abraço!



    André L. Soares
    .
    .
    .

    ResponderExcluir
  4. Lindo poema, a começar pela forma que começou: "Quero me entender de todo esse amor" e a terminar: "E o mesmo coração chora, mas depois volta pra mulher que enlaça."

    Parabens, mais uma vez me surpreendo com sua capacidade de transferir sentimentos atraves de versos.

    Beijos Marcio!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá poeta. Um beijo. Também gostei.

    ResponderExcluir
  6. Márcio, quanto tempo!!! Desculpe a ausência, mas o meu tempo tem estado mesmo uma maluquice...
    Mas qual não foi a minha surpresa em reencontrar teu blog ainda mais interessante?
    Amei o poema: o mesmo laço, que em tantos casos, oprime, nesse caso, consola, conforta e ajuda a viver mais feliz!

    Beijos doces cristalizados!!! :o*

    ResponderExcluir